Simulação de Física com Interactive Physics

Simulação: Interactive Physics

A simulação hoje está presente em todas as atividades, e em física não é diferente. O Interactive Physics  é um software didático desenvolvido pela Design Simulation Tecnologies (DST), empresa sediada em São Francisco, no Estado da California – EUA.  Este software  possui uma poderosa ferramenta que pode conduzir a aprendizagem pela descoberta e a visualização de conceitos abstratos de Física, com a possibilidade do aluno interagir com o programa, alterar parâmetros e observar o resultado da simulação.

Ao clicar no  ícone ao lado você é levado a página da Design Simulation Tecnologies, onde Interactive Physicsao preencher o formulário, pode solicitar uma licença temporária para conhecer toda a potencialidade do software e decidir pela aquisição do mesmo. No momento deste pedido é importante que você mencione o endereço deste site para indicar que foi através dele que você teve a oportunidade de conhecê-lo.

Vamos Estudar Física

CAPA LIVRO

Quer vencer as dificuldades que geralmente são encontradas no início do estudo da Física? Quer aprender a pensar e coordenar as suas ideias  para chegar a resolução de um problema  mais facilmente? Então, adquira  já  o livro Vamos Estudar Física e aprenda a superar as suas dificuldades

 Vamos Estudar Física  (Autor Nívio Bernardo)

Trabalho, Energia e suas Formas

Estamos acostumados a escutar nos noticiários a importância de economizarmos energia e logo nos vem à mente a energia elétrica, pois esta é na verdade a mais comum, e quase tudo que usamos dentro de nossas casas funcionam com a energia elétrica. Mas a energia elétrica é apenas uma das formas de energia das várias formas que estão presentes no nosso dia a dia. Qualquer que seja a forma de energia, sempre vai haver a conversão de uma delas em outra de tal maneira que a energia estará sempre se transformando em formas diferentes.

(mais…)

Força Centrípeta em Movimentos Circulares

A segunda lei de Newton nos diz que a força resultante que atua em um corpo é igual ao produto da massa pela sua aceleração. Da mesma forma, movimento provido de aceleração centrípeta temos uma força resultante na direção desta aceleração, denominada de Força Centrípeta.

Força centrípeta

A natureza desta força pode ser de origem elástica, gravitacional, elétrica, tensão     Força centrípeta - Tensão na cordaentre outras. Num corpo preso a um alfinete através de um cordão sobre uma mesa sem atrito, girando, a força centrípeta é a tensão. Quando um carro faz uma curva, a força centrípeta que aparece direcionada para o centro, responsável pela mudança da direção da velocidade, é o atrito entre os pneus e a pista.

(mais…)

Centrípeta, a Aceleração de Movimento Curvilíneo

A aceleração centrípeta está sempre presente em movimentos curvilíneos. Vamos imaginar alguns experimentos com um pêndulo (cordão e bola de massa de modelar) que podemos fazer facilmente e constatar a sua presença.

Antes de tudo vamos relembrar o conceito de aceleração.

aceleração 1

A aceleração tangencial é dada pela variação do módulo da velocidade, dentro de certo intervalo de tempo Δt. Na figura A, o móvel está acelerado e na  figura B o móvel está retardado, (variação negativa) o vetor aceleração tem sentido contrário ao movimento.

 Representação de um movimento variado

                                           FIGURA A

             Representação do movimento retardado

                                            FIGURA B

Imagine-se dentro de um carro, com janelas fechadas para evitar correntes de ar, nas situações da figura abaixo, onde há um pêndulo preso ao teto do carro.

(mais…)

PERÍODO E FREQUÊNCIA DE UM MOVIMENTO

Período e frequência são duas grandezas físicas relacionadas a movimentos de vaivém, ou seja, de movimentos repetitivos, também chamados de movimentos periódicos. Um exemplo simples para falar de período e freqüência, basta observar o movimento de um pêndulo. A figura ao lado representa um pêndulo, pois quando a esfera é abandonada no ponto A, pela ação da gravidade ela cai, passando por B e chega ao ponto C e aí, cai novamente, passando por B e voltando ao ponto A. O tempo Pêndulo físicoque ela levou de sair de A e voltar a A novamente é denominado de período, representado pela letra T. Por exemplo, se este tempo for de 5s, então T=5s, então podemos dizer que T é o intervalo de tempo necessário para que um fenômeno cíclico se repita. No SI a unidade de T é o segundo (s).

(mais…)