Vídeos relacionados

Velocidade Relativa

Acho que você já passou por uma experiência de estar em um veículo parado no trânsito, por exemplo, com outros veículos a sua frente e ao seu lado. De repente, o carro que está ao seu lado dá um  ré e momentaneamente você acha que é o seu veículo que se movimentou para frente, dando a impressão de que ele movimentou-se em relação à terra. Acontece que a sua mente tinha como referencial o veículo ao lado e não percebendo que foi ele que entrou em movimento para trás, você intuitivamente acha que foi o seu veículo que se movimentou para frente, em relação a ele. Na verdade, tudo isto é uma questão de referencial, ou seja, tudo isto é relativo. Você está parado em relação à terra (referencial terra), porém em movimento em relação ao veículo que estava ao seu lado (referencial o veículo), pois sua posição modificou-se em relação a ele. O vídeo abaixo fala sobre isto.

Assista ao vídeo e responda:

1- No primeiro momento do vídeo, o movimento do Pateta (subida e descida) para você é em relação a que referencial?

2- No segundo momento do vídeo o movimento de (subida e descida) é de quem  e em relação a que referencial?

Princípio de Arquimedes

Vídeo    Pôe na água  ( Graças ao Empuxo esta tonelada de ferro boia)

Todo corpo quando imerso em fluido, fica sujeito a uma força de baixo para cima denominada de Empuxo, e tem um módulo igual ao peso do fluido deslocado FE= mf.g

Um balão de ar quente usa do mesmo princípio, ou seja, ele sobe devido ao Empuxo que sofre, pois o ar quente dentro do balão fica rarefeito e, portanto, com uma densidade menor que o ar por fora, que em torno de 1,2kg/m3. A densidade do ar depende da altitude e da temperatura. Este valor é Ao nível do mar e a 15 °C, de acordo com a ISA (International Standard Atmosphere).,     

vídeo     Como funcionam os balões de ar quente História da baloagem

  Potência de Dez

Veja o uso da potência de dez, na grandeza física comprimento, através de uma viagem fantástica.

viagem pelo macro e micro

 

1752: Benjamin Franklin inventa o para-raios

Todos nós ao olharmos nas coberturas dos edifícios, podemos ver uma haste de ferro com pontas. Estes são os para-raios. Eles se utilizam de uma propriedade chamada de poder das pontas. É que todo condutor quando fica sujeito a um campo elétrico, neles são induzidas cargas e que se acumulam em quantidade maiores nas partes pontiagudas.

Física – Pára-raios